Sobre

Felipe Garofalo (São Paulo, 1983) é Advogado de formação, com especialização em Gestão e Política Cultural. Tem uma relação com as artes visuais, e até 2012 se dedicou quase exclusivamente à gravura em metal. De 2013 para cá, a fotografia tomou corpo e, mais que uma atividade, se tornou campo de estudos e de atuação profissional. Elaborou e implementou o LAB FOTO do Centro Cultural São Paulo, um laboratório fotográfico PB, público, um espaço de ação cultural, educação, prática e experimentação fotográfica. Atualmente, faz parte do Núcleo de Curadoria do Museu da Cidade de São Paulo atuando, entre outras coisas, na curadoria de fotografia da Casa da Imagem. É membro da REDE – Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil, e membro da Associação Fotoativa. Produz suas próprias imagens, com particular interesse na fotografia documental, no fotojornalismo e na fotografia de rua.

Felipe Garofalo deseja que a luz corte a natureza humana, imersa na sombra, numa postura de repouso. Anseia por modelos vivos. O reflexo de uma xícara de café, cobrindo as imperfeições que os ossos da face sugerem na água tingida, não é nada mais do que uma tentativa de pintar utilizando os recursos da gráfica. Reflexos, distorções no campo visual das manchas, veladuras feitas com diferentes granulações, estes são os pontos trabalhados por ele no Atelier. O manto de suas estampas é tão novo e tão fino quanto às sedas que cobrem o corpo das mulheres que povoam a sua imaginação, familiar aos contos das Mil e Uma Noites. Há uma sensualidade em seus desenhos, gravados na conquista de inúmeras placas de cobre, material preferido do artista. Geralmente trabalha em pequenos formatos, respeitando os limites do berço da prensa. No entanto, há uma inquietação, um desejo por medidas naturais. O tamanho real do crânio de um Mamute é uma captura, uma sugestão para desenhar. Ele quer as medidas da realidade na sua frente, em cima da mesa de madeira como uma âncora segura para traçar linhas da espessura de um fio de cabelo. Seu trabalho emerge entre a carne da matriz e as lâminas de breu e percloreto de ferro, de modo a conservar parte de um corpo astral, familiar à observação dos músculos e do movimento dos corpos animados, em sépia.

– Ulysses Bôscolo. Madrugada de terça feira, 6 de março 2012. (texto retirado do folder da exposição “Janela de Papel”)

Mini Currículo

Cursos e Residências

2019 . Minicurso Fotografia latino-americana, tendências e perspectivas com Titus Riedl no III Colóquio de Fotografia da Bahia realizado pela Escola de Belas Artes da UFBA.
2019 . Projetos de Longo Prazo / Reportagens com Espen Rasmussen na 15ª ed. do Paraty em Foco.
2018 . Fotografia Documental e Direitos Humanos com João R. Ripper no Centro de Pesquisa e Formação SESC.
2018 . História da Política Cultural do Brasil (1981-1993) no Centro de Pesquisa e Formação SESC. Abr 2018. São Paulo. Brasil.
2018 . Laboratório de Gestão de Espaços Culturais Com Marta Porto, Felipe Arruda, Eduardo Sarmento, e Mariana Varzea no Centro de Pesquisa e Formação SESC.
2018 . Território, Cultura e Política: Movimento cultural das periferias no Centro de Pesquisa e Formação SESC.
2018 . Curadoria em Arte Contemporânea no Centro de Pesquisa e Formação do SESC.
2016 . Caminhos da edição: fotografar, pensar, narrar com Tiago Coelho e Marco A. F., no Centro de Estudos da Image Madalena
2016 . Fotografia documental – estudo de caso do ensaio “A Jornada do Rinoceronte” com Érico Hiller, no Centro de Estudos da Image Madalena
2014 . Workshop Bem Querer com João Roberto Ripper sobre fotografia social, na Imã Foto Galeria
2014 . Workshop de Retrato Editorial/Publicitário Estudio e Locação, com Victor Affaro
2012 . Artista Residente e membro da Casa de Tijolo.
2012 . Artista Residente no Atelier Piratininga.
2010/2012 . Curso de Gravura em metal no Atelier Piratininga.
2010 . Xilogravura na Oficina Cultural Oswald de Andrade, sob orientação de Gilberto Tomé.
2010 . Gravura em Metal na Oficina Cultural Oswald de Andrade, sob orientação de Ulysses Bôscolo.
2009/2010 . Atelier livre de modelo vivo no SESC Pompéia.
2008/2009 . Curso de Desenho e Pintura no Atelier Takiguthi, sob orientação de Mauricio Takiguthi.
2007/2009 . Atelier livre de modelo vivo no Centro Cultural São Paulo.
2007 . Curso de Xilogravura no SESC Consolação, sob orientação de Augusto Sampaio.

Congressos e Eventos

2019 . III Colóquio de Fotografia da Bahia da Escola de Belas Artes da UFBA. Ouvinte. Salvador, Bahia. Brasil.
2019 . XIII LIA Congresso de Linguagens e Identidades nas/nas Amazônias na UFAC. Participação com a apresentação do trabalho “Gestão e Política Cultural: Uma reflexão sobre valores e práticas para uma ação cultural”. Rio Branco, Acre. Brasil.
2019 . I Encontro Nacional de Educadores e Pesquisadores da Fotografia e do Cinema. Participação no GT 5 – Fotografia, Cinema, Estética e Experiência com o apresentação do relato de experiência “LAB FOTO CCSP”. Alcântara, Maranhão. Brasil.

Exposições

2019 . Exposição coletiva “Selfie em Foco” na 15º ed. Paraty em Foco.
2019 . Exposição coletiva “Exploration of the Unexpected” para Analog Forever Magazine.
2012 . Exposição do projeto “O Espelho de Cobre” na Casa de Tijolo.
2012 . Exposição coletiva “Resiliências” na Casa de Tijolo.
2012 . Exposição coletiva “Colheita Mostra de Gravuras” na Casa de Tijolo.
2012 . Exposição coletiva “Janela de Papel” no Atelier Piratininga.
2012 . Exposição coletiva “Idiossincrasias Locais” na Galeria Gravura Brasileira
2011 . Exposição coletiva “Poéticas Nascentes” na Oficina Cultural Oswald de Andrade.
2007 . Exposição coletiva de Xilogravuras SESC Consolação.

Projetos

2011/2012 . Artista proponente do projeto “O Espelho de Cobre” (edital ProAC nº 21/2011).
2011/2012 . Artista participante da 3º edição do projeto “Volante”, Brasil / Quebec, organização Cleiri Cardoso.
2011/2012 . Artista participante da segunda edição do projeto “Universos Paralelos: Idiossincrasias Locais”, São Paulo/Curitiba/Minneapolis, organização Cole Hoyer-Winfield.